Manifestação de Corrupção

A liberdade de escolha é o principal objetivo de qualquer estado democrático e este princípio tem de ser desenvolvido desde tempos imemoriais. A pessoa é forçada, pelas circunstâncias ou pelos desejos, a fazer uma escolha entre o que é certo e o que é fácil. Hoje em dia não é difícil escolher um caminho fácil e nunca se arrepender das consequências, embora isso não seja favoravelmente impressionante. Bem e mal são os dois lados de um pólo que mantém o universo em movimento. Um desequilíbrio pode trazer à superfície muitos assuntos que são mais que chocantes. Um indivíduo médio está sujeito a estresse, várias interações sociais que podem trazer uma experiência positiva ou conclusões enganosas e, juntas, forçam as pessoas a tomarem decisões fáceis, mas incorretas. Coisa comum hoje em dia que leva a outra onda de estresse e pesadelos.

Na língua inglesa, um linguista pode encontrar uma boa palavra, que melhor corresponda ao estado de coisas que hoje em dia se descreve com medo. Esta palavra é corrupção e as definições variam. O primeiro é o estado de decadência, decomposição de qualquer matéria viva na Terra. Políticos, economistas e outros representantes definem a implantação de meios ilegais no sistema sólido para ganho pessoal. São tantas as manifestações de corrupção que é bastante difícil agrupá-las. Os principais são suborno, peculato, extorsão, nepotismo e outras formas de corromper o sistema geralmente aceito. O suborno é um crime que envolve a oferta ou aceitação de dinheiro ou outros pertences valiosos a fim de influenciar ou assumir o controle da sequência de ações envolvendo a pessoa que está no serviço público. O peculato é a falsificação da posse de um imóvel sem o prévio acordo com o proprietário. A extorsão é uma ofensa criminal, que envolve dinheiro de extorsão ao ameaçar o sujeito com dano a ele, sua propriedade ou a gama de seus conhecidos. O nepotismo envolve o favorecimento de parentes e outras pessoas próximas em assuntos públicos. Esses tipos de corrupção estão mais ou menos presentes em qualquer estado independente, seja qual for o seu regime político e crenças religiosas.

Não existem maneiras de excluir a corrupção do sistema. Ainda existem cientistas públicos trabalhando em características especiais desse fenômeno social. O bom senso tende a trair quando existe a possibilidade de se tornar mais rico e poderoso. Existem algumas ações tomadas para criar um bom cidadão, mas nada pode ir contra a natureza humana, exceto a própria alma e o coração.


Deseja comprar este domínio?

Entre em contato conosco em nossa página de contato!